Feeds:
Posts
Comentários

Ono Sensei em São Roque


Sao Roque

No dia 18/10 Ono Sensei visitou o Dojo de São Roque, de responsabilidade de Leandro Sensei.

Sao Roque

Acompanhado de suas alunas Mieko, Luiza e Olga, demonstrou algumas técnicas de Kokyu-Ho (respiração) para o desenvolvimento do Aiki e sua aplicação no Aikido.

Sao Roque

Ono Sensei tem acompanhado com satisfação o grupo de São Roque, que tem demonstrado uma grande evolução no seu desenvolvimento.

Sao Roque

Após o treino, tivemos a confraternização com o grupo. Agradecemos ao convite e a calorosa recepção de sempre, e pela disposição e interesse dos alunos nos ensinamentos de Ono Sensei.

Sao Roque

Aniversário de Ono Sensei


Aniversario

Ono Sensei completou 89 anos no dia 1° de outubro. Celebramos esta importante data no dia 11/10 no próprio Dojo da APA.

Aniversario

Os participantes trouxeram os pratos, alguns preparado pelos próprios, ajudando a compor a mesa da festa. Ono Sensei agradeceu pela grande presença dos alunos e associados neste evento de confraternização de nosso grupo.

Aniversario

Gostaríamos de agradecer a todos pela presença e carinho para com nosso Mestre e pela colaboração nos preparativos e arrumação do nosso Dojo.

Aniversario

Feriado

Informamos que não haverá aulas no próximo dia 12/10 (domingo) devido ao feriado de Nossa Senhora Aparecida.


Natal

Leonardo Sensei dará um seminário em Natal nos dias 17 e 18 de outubro. Maiores informações no site http://www.aikidorn.com.br

Entrevista com Seki Shihan


Seki Shihan com Olga Curado

Foto Ricardo Miyajima

Entrevista concedida por Seki Shihan à jornalista e yudansha da APA Maria Olga Curado em São Paulo no dia 7 de setembro de 2014.

ENTREVISTA – SHOJI SEKI SHIHAN

1. Passados dez anos de visitas e conduzindo seminários do Brasil, qual o seu comentário a respeito da maneira como o Aikidô vem sendo praticado? Observa alguma transformação?

Resposta: Desde o ano de 2005 – foi o meu primeiro seminário de Aikido. Nessa oportunidade eu percebi bom nível técnico de Aikidô. Depois, ano após ano, durante os seminários pude observar que o nível foi melhorando progressivamente.

2. Qual o impacto, na sua opinião, para o desenvolvimento do Aikidô no Brasil, da prática isolada dos diversos grupos? Gostaria de encontrar, num seminário, praticantes de todos os grupos?

Resposta: Eu tinha compreendido que o seminário aqui era aberto a todas as escolas. Diferentes grupos têm diferentes maneiras de pensar. Então, os grupos que querem participar são bem-vindos. Quero que venham participar! Mas não é obrigação que todos os grupos venham.

3. Como desenvolver maior cooperação e integração entre os diversos grupos de praticantes de Aikidô no Brasil?

Resposta: Se todos os grupos respeitam mutuamente a sua existência, terão maior integração e cooperação em Aikidô. Se realizarem uma demonstração nacional de Aikidô, eu penso que isso seria muito bom.

4. Quando compara o Aikidô no Brasil com outras localidades, o que observa de diferente?
Resposta: As diferenças não são de países mesmos. As diferenças são dos Dojos e dos instrutores desses Dojos. A personalidade de cada Dojo e de cada instrutor faz a diferença.

5. O que seria, no seu entendimento, o ponto central a ser trabalhado para maior desenvolvimento e absorção do Aikidô pelos praticantes no Brasil?

Resposta: Quando dou aula, ensino da mesma maneira e a mesma coisa. Cada pessoa, quando treina, deve pensar em um tema da sua técnica. Por exemplo: a direção da ponta dos dedos dos pés. A pessoa se concentra e toma esse tema de maneira consciente para sua prática.

6. Em que aspectos do treinamento do Aikidô, em geral, estão os elementos fundamentais para o aprimoramento da Arte?

Resposta: Os aspectos mais importantes do treino são:
a) Aspiração por melhorar;
b) Concentração, que é a postura mental;
c) Respeito, o sentimento de respeito pelo companheiro;
d) Postura corporal.

7. No seu entendimento, qual o principal objetivo da prática do Aikidô?

Resposta: O objetivo principal da prática do Aikidô é melhorar a técnica. Para mim, Aikidô é muito importante. Eu penso que, para se encontrar as maravilhas do Aikidô, há um só caminho: treinar. É difícil explicar com palavras, mas é algo que enriquece as pessoas.

8. Além dos critérios objetivos na promoção do praticante, que aspectos considera relevantes para a graduação nos níveis acima de Yodan? (quando o aikidoísta é reconhecido como sensei)

Resposta: Eu penso que uma pessoa que é Shodan pode ser sensei. O que eu penso que é mais importante para alcançar esses graus é praticar firmemente e com toda dedicação. O que eu olho quando recomendo: em primeiro lugar, os anos de prática; em segundo lugar a atitude na prática e em terceiro a melhora da técnica.

9. Como vê a propagação do Aikidô, considerando as diversas abordagens da arte e os diversos estilos, e a preservação dos fundamentos deixados pelo Fundador?

Resposta: Eu penso que são preservados – as técnicas e os fundamentos. Por mais que as formas sejam diferentes, a essência continua sendo a mesma.

10. Qual é, na sua opinião, o papel do kokyu-ho no desenvolvimento da prática do Aikidô?

Resposta: Não faço treino especial separado do treino do Aikidô. Para mim, todos os elementos de que você precisa serão obtidos durante a prática. Os termos ki, kokyu-ryoku, kokyu-ho estão dentro das técnicas. Se treinar com a atitude certa vai encontrar esses elementos.

Olga Curado

Programação 5/10

Informamos que no dia 5/10 (domingo) não haverá aulas no Dojo da APA devido às eleições.

Exame de Faixas Coloridas


Exame

No dia 28/9 tivemos o nosso terceiro exame de faixas coloridas do ano.
Após os exames, Vagner Okino Sensei, diretor técnico da APA, demonstrou as técnicas solicitadas nos exames.

Parabéns a todos os alunos promovidos e seus professores!

Faixa Amarela – V Kyu
Annie Airbaitman Veraart (Estúdio 8)
Carla Nomura Picchioni (APA)
Charles Desena Pereira (Crisantempo)
Ettore Lucci (APA)
Jorge Luiz de Andrade Barros Junior (São Roque)
Mario Ferreira Filho (Nova Era Jundiaí)
Michael Sola De Haro (APA)
Paulo Magno Pereira de Rezende (VTKS)
Samir Mesquita (Crisantempo)
Simone Aparecida do Espirito Santo (São Roque)
Thaís Elvira Ortiz Cerpa (Unidade II)

Faixa Roxa – IV Kyu
André Luiz Sales dos Santos (Unidade II)
Antonio Fernando Romero Junior (Unidade II)
Diego Augusto Pedroso (São Roque)
Dresler Aguilera de Oliveira (APA)
José Jobiel Nunes (São Roque)
Nemesio Gomes Andrade (São Roque)

Faixa Verde – III Kyu
David Iartelli da Fonseca (São Roque)
Denise Perino Salvetti (São Roque)
Luca Furlani Bassi (Estúdio 8)
Patricia Nahomi Sato (São Roque)
Pedro Cesar Ciarma (São Roque)
Rafael Amarante (Nova Era Jundiaí)
Roque Antonio Caiani (São Roque)
Thaís da Silva Alves (São Roque)

Faixa Azul – II Kyu
Ana Paula Gomes (Estúdio 8)
Claudio Shiguemi Asano (APA)
Kiyoshi Koide (APA)
Lídia Engelberg (Estúdo 8)
Marcos Leonel Ramos (Estúdio 8)

Faixa Marrom – I Kyu
Douglas Maziviero (Equilíbrio e Energia)
Rodrigo Bacarin Andrade (Equilíbrio e Energia)
Silvia Maria Pinheiro e Castro (APA)

Foto Leonardo Fujiwara

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 97 outros seguidores